Você está aqui: Página Inicial / Notícias / IFB condenado ao pagamento de insalubridade

IFB condenado ao pagamento de insalubridade

Insalubridade

Servidora do lotada no Laboratório de Química, mesmo exposta a riscos, não recebia o adicional em grau máximo.

O Instituto Federal de Brasília (IFB) foi condenado a pagar o adicional de insalubridade para servidora lotada no Laboratório de Química, com atividades de contato constante com diversos agentes químicos altamente nocivos à saúde.

O trabalho pericial judicial acabou por confirmar os fatos alegados pela servidora. Foi constatado o contato rotineiro com óleos, solventes e outros materiais químicos e exposição a produtos inflamáveis

Segundo o perito, os materiais químicos a que a servidora está exposta diariamente oferecem riscos para saúde, inclusive no que se refere à doenças como câncer, asma e alergias diversas.

Diante dessa realidade, a sentença foi de total procedência do pedido de pagamento do adicional de insalubridade em seu grau máximo.

A ação foi movida através de encaminhamento realizado pela Seção Sindical de Brasília do Sinasefe (SINASEFE-DF), com a assessoria jurídica de Wagner Advogados Associados.

No processo ainda cabe recurso.

Fonte: Wagner Advogados Associados

Leia mais